Cuidado: um satélite pode cair em sua cabeça ainda nesta semana

Foto: AFP

Você está andando tranquilamente. Mas, ao olhar pra cima, você vê prédios, muitos prédios. Com a verticalização das cidades, as pessoas passaram a viver nos ares, nas alturas. Com tanta gente lá em cima, você já imaginou que alguma coisa pode cair e lhe atingir direto na cabeça? São vasos de plantas, brinquedos, frascos de vidro… Até carro já caiu de edifício-garagem.

Quanto maior for a altura de onde o objeto cair, maior será o estrago aqui embaixo. Mas, e se o que estiver prestes a cair for um satélite vindo direto do espaço? Segundo a NASA, um satélite desativado do tamanho de um ônibus irá cair em algum lugar da Terra nesta semana, provavelmente nesta quinta-feira (22-09) ou sexta-feira (23-09).

Lançado pela NASA em 1991, o Uars funcionou até 2005, observando a atmosfera. Desde então, ele é apenas um entre vários satélites “defuntos” e outros objetos que sujam a órbita do planeta.

Nesse lixão espacial tem de tudo. Desde satélites inteiros desativados, até peças de foguetes e naves. Também entram na conta câmeras fotográficas e até uma luva perdida por astronautas. E o que é pior: não dá pra fazer uma faxina espacial. Não temos tecnologia para remover todos os fragmentos.

Os detritos espaciais chegaram a um ponto crítico e já estão dando dor de cabeça aos astronautas. Em junho deste ano, o lixo espacial forçou a evacuação da Estação Espacial Internacional. Os astronautas tiveram que se refugiar na nave Soyuz porque um pedaço de satélite passaria muito próximo. Felizmente, o objeto se desviou e a tripulação pode retornar logo depois.

Embora exista a possibilidade do satélite cair na cabeça de alguém, a maior probabilidade é que você escape são e salvo (p.s.: e se cair na América do Sul? E se cair no Brasil? E se cair na minha cidade? No meu bairro? Na minha rua? Na minha… cabeçaaaaaaaaa!).

O maior risco, segundo a Nasa, é o de que o lixo se choque com satélites ou naves. Vagando no espaço, até um fragmento mínimo pode provocar um grande estrago ao colidir com uma nave ou um satélite. Com isso, serviços como GPS e transmissões de Tv e internet seriam gravemente afetados.

Se serve como alívio, a Nasa explicou que as chances de que alguém seja atingido por um satélite são mínimas – uma em cada 3.200. Mas, de acordo com o “National Safety Council” – órgão norte-americano de educação para prevenção de acidentes – ter um satélite caindo em sua cabeça é mais provável do que ser atacado por uma cobra venenosa ou ser atingido por um raio.

crédito - bizarroblog

Veja algumas probabilidades de mortes por causas diversas listadas pelo National Safety Council:

* Contato com serpentes venenosas: 1 entre 1.874.034
* Contato com aranhas venenosas: 1 entre 468.508
* Acidente com fogos artificiais: 1 entre 340.733
* Mordido ou picado por insetos não venenosos: 1 entre 312.339
* Acidente de trem: 1 entre 156.169
* Inundação: 1 entre 144.156
* Terremoto: 1 entre 117.127
* Mordido ou ferido por um cão: 1 entre 117.127
* Acidente de ônibus: 1 entre 104.113
* Um raio: 1 entre 79.746
* Picada de abelhas: 1 entre 56.789
* Exposição a excessivo calor natural: 1 entre 13.729
* Afogamento acidental na banheira: 1 entre 11.289
* Intoxicação por Álcool: 1 entre 10.048
* Eletrocutado acidentalmente: 1 entre 9.968
* Asfixia ou afogamento acidental na cama: 1 entre 7.541
* Afogamento acidental em uma piscina: 1 entre 7.278
* Exposição a excessivo frio natural: 1 entre 6.045
* Disparo acidental por arma de fogo: 1 entre 5.134
* Acidente aéreo ou espacial: 1 entre 5.051
* Acidente de bicicleta: 1 entre 4.919
* Por cair de uma cama, cadeira ou outro móvel: 1 entre 4.473
* Obstrução do trato respiratório ao ingerir comida: 1 entre 4.284
* Ao cair de uma escadas: 1 entre 2.360
* Em um incêndio em um edifício: 1 entre 1.358
* Complicações médicas depois de uma operação: 1 entre 1.313
* Fogo ou fumaça: 1 entre 1.113
* Acidente de moto: 1 entre 1.020
* Afogado: 1 entre 1.008
* Acidente de pedestre: 1 entre 626
* Entorpecentes e alucinógenos: 1 entre 406
* Assalto com arma de fogo: 1 entre 314
* Acidente de carro: 1 entre 237
* Queda: 1 entre 218
* Suicídio: 1 entre 119
* Acidente com qualquer tipo de veículo a motor: 1 entre 84
* Embolia: 1 entre 24
* Câncer: 1 entre 7
* Ataque do coração: 1 entre 5
* Por qualquer causa: 1 entre 1 (Qualquer causa??! Vale engasgar com um pedaço de ervilha que caiu de um helicóptero quando o copiloto almoçava?)

O que é bom mesmo é se prevenir. Assim, se você avistar alguma placa sinalizadora de perigo, como a que está logo abaixo, não pense duas vezes: saia logo de perto.

Então, fique ligado! Olhe pra cima, use capacete, faça uma prece, invente qualquer desculpa pra não sair de casa, pois o satélite vai cair! Onde? Não sei. É uma interrogação. Só não vale cair em cima de sua cabeça, não é?

Anúncios
Esse post foi publicado em - curiosidades, Astronomia e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Cuidado: um satélite pode cair em sua cabeça ainda nesta semana

  1. daniele goulart disse:

    fora ou dentro de casa pode cair na cabeça de qualquer um pois ele é muito pesado
    e ja estou ficando até com medo disso.*-*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s