Naturalidade: Terra

1374713_648743305146322_90484238_nNa foto, a avó mostra ao netinho, da janela da nave espacial, o lugar onde nasceu: a Terra.

Pode parecer teoria futurista, mas, no ritmo em que o homem explora as riquezas naturais da Terra, é bem possível que os povos precisem migrar, num futuro longínquo (ou não), para um outro planeta mais propício para o desenvolvimento da vida.

Ou quem sabe os humanos não se mudem para um exoplaneta, que orbita uma estrela que não seja o Sol?

Já pensou como seria o seu documento de identidade? Além da cidade, do Estado, do País, tem que ter também o continente e o planeta de onde você veio.. No planeta novo, será necessário saber de onde a pessoa veio: da lua, de Marte etc? Ou você acha improvável que, num futuro distante, o homem tenha bases nesses astros?

Olha que legal seria a identidade universal:

rgrg2Legal essa identidade, né? Qualquer semelhança com o famoso “Seu Madruga”, do seriado mexicano de Tv “Chaves”, não é mera coincidência. É ele mesmo!

E o CPF? Poderia ser um CPF CÓSMICO, não?

cpfA CNH – Carteira Nacional de Habilitação seria CUH – Carteira Universal de Habilitação. Ela nos permitiria pilotar naves espaciais. Os tipos A, B, C e D seriam em função das naves. Para naves de passeio, teríamos a CUH tipo B. Já para naves de transporte interestelar, teríamos a CUH tipo D.

cnhE o título eleitoral? Seria bem legal!

eleitorA propósito, as seções eleitorais estariam espalhadas tanto no novo planeta, como nas bases lunar e marciana. E na Terra? Ainda seria possível realizar eleições por lá? O juiz eleitoral seria o “Galáctico Terrestre Filho”. Já os políticos… Seriam, enfim, honestos? Governariam para o bem do universo? Já pensou como seriam as campanhas? “Prometo galáxias com excelentes hospitais!”; “Prometo sistemas solares com ótimas escolas!”.

Pois é! Um dia olharemos para nossos documentos de identidade e teremos orgulho das nossas origens. Vai estar escrito assim: NATURALIDADE – TERRA.

Até a próxima, astronautas.

Anúncios
Esse post foi publicado em - Rômulo Bourbon, Literatura e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s