Os 9 lugares mais quentes do planeta

foi_quente_o_carnaval_20120222_1343016617Tá fazendo calor por aí? É que o verão tá chegando no hemisfério sul! No Brasil, a temporada de praias, sol e mar vai aquecer o turismo em cidades como Rio de Janeiro, Salvador, Recife e Fortaleza. A propósito, você acha que a sua cidade é quente? Então, saiba que ela não está nem perto de ser considerada um dos locais mais quentes do planeta Terra. Vamos ver a lista?

1 – Wadi Halfa, no Sudão – 53°C

16

Wadi Halfa, Sudão.

Esse vale seco fica no topo do Sudão, país africano que se encontra na fronteira com o Egito. Em abril de 1967, a cidade de 15.000 habitantes atingiu uma temperatura de 53 graus Celsius! “Caramba! É quente, viu? E você que reclamava da temperatura de trinta e tantos graus na sua cidade, hein? Não reclame, não! Senão vai pro Sudão!

2 – Ahwaz, Irã – 53°C

26

Ahwaz, Irã.

Ahwaz encontra-se em um deserto pouco acima do nível do mar, e quase nunca chove por lá (snif, snif). Durante julho, a alta média é de 47°C, quente o suficiente para fazer com que os milhões de residentes da cidade liguem os ventiladores (“só isso? fala sério!”). Ahwaz é um lugar onde a sesta (“aquele cochilo depois do almoço“) é levada muito a sério: a fim de escapar do calor opressivo da tarde, lojas e empresas fecham cerca de meio-dia e reabrem por algumas horas após as seis.

3 – Tirat Tsvi, Israel – 54°C

36

Tirat Tsvi, Israel.

O lugar mais quente da Ásia é a pequena Tirat Tsvi, que registrou uma temperatura de 54 graus Celsius em junho de 1942! (“é a cidade microondas, é?”). A cidade fica 220 metros abaixo do nível do mar. Apesar de seu clima, é o local onde mais crescem árvores em Israel.

4 – Araouane, Mali – 54,4°C

46

Araouane, Mali.

Araouane é uma pequena aldeia localizada ao sul do deserto do Saara, na África. Por lá, vivem apenas 300 famílias (“corajosas, por sinal”). O deserto ao redor é estéril e um vento seco joga partículas finas de areia que, às vezes, dificultam a visão. Araouane não recebe chuva suficiente para plantações. A temperatura no local atingiu 54,4 graus Celsius no verão de 1945 (“só de pensar, dá calor“).

5 – Timbuktu, Mali – 54,5°C

56

Timbuktu, Mali.

A cidade é mais conhecida por ser aquele lugarzinho “no meio do nada“. Timbuktu fica no extremo sul do deserto do Saara, na África. A cidade está rodeada por dunas de areia e suas ruas ficam sempre cobertas de areia. Com uma alta registrada de 54,5 graus Celsius, Timbuktu é um dos lugares mais quentes do mundo (“vou montar uma loja pra vender ventilador lá“). Nos meses de maio, não é tão difícil ver o termômetro atingir 42,2 graus Celsius. Aliás, mesmo nos meses de inverno, as altas são de mais de 30 graus Celsius (“esse é o frio deles!“).

6 – Kebili, Tunísia – 55°C

64

Kebili, Tunísia.

Embora seja quente demais, Kebili é um oásis no deserto. As 18.000 pessoas que vivem no local enfrentam ondas de calor com temperaturas superiores a 55 graus Celsius. Lá, as pessoas costumam estocar água e se esforçam para manter a temperatura corporal (“a galera tá fritando geral“).

7 – Ghadames, Líbia – 55°C

73

Ghadames, Líbia.

Ghadames é outro oásis no meio de um deserto. A população nativa de cerca de 7.000 habitantes vive em casas feitas com paredes grossas de lama, cal, e troncos de árvores que ajudam a protegê-los do calor abrasador, especialmente no verão. Os telhados das casas são interligados, e muitas das ruas são cobertas (“hum! Legal essa ideia. A pessoa anda um bocado de tempo na sombra“).

8 – Death Valley (Vale da Morte), Estados Unidos – 56,6°C

82

Death Valley (Vale da Morte), Estados Unidos.

Death Valley é o vale mais seco e mais baixo dos Estados Unidos, com temperaturas extremas. Em 10 de julho de 1913, os termômetros registraram 56,6 graus Celsius, a temperatura mais alta já medida nos Estados Unidos. “Nossa! Será que esse calor todo explica o nome que deram ao local?

9 – El Azizia, Líbia – 58°C

92

El Azizia, Líbia.

A temperatura mais quente já registrada na Terra foi em El Azizia, na Líbia, onde um calor de 58 graus Celsius foi registrado em 13 de setembro de 1922. “Galera, acreditem! Eu disse 58 graus“. Dois dias de ventos quentes anteceram a marca histórica. As temperaturas lá são de cerca de 56 graus Celsius, não muito diferente para as 300.000 pessoas que fazem dessa cidade a sua casa. “Ou seria forno?

Puxa! Esse papo me deixou com um calor daqueles! Mais ou menos como o homem aí embaixo do desenho. Tchau, pessoal! Vou tomar um banho pra me refrescar… Que calor, hein?

Fonte: hypescience

Anúncios
Esse post foi publicado em - planeta terra, Astronomia e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s